Colunistas

Transparente, Lima e Silva, Bunda na Cadeira…

A Palavra do Machado - Edição de 31/05/2018

TRANSPARENTE – O ex-presidente Ricardo Rosso aproveitou espaço regimental no Grande Expediente para comunicar que a Câmara de Caçapava, em seu mandato, foi a primeira em transparência na região. Ele aproveitou para agradecer a todos que colaboraram para essa conquista.

LIMA E SILVA – o vereador Sílvio Beleza Tondo disse que está acompanhando de perto os trâmites da busca por recursos da Avenida Lima e Silva e que o processo está andando, devagar, mas andando. Na sequência Mariano Teixeira, que ficou encantado ao ouvir o adjetivo “exequível” numa reunião com o executivo, disse que esteve em Porto Alegre na semana passada e que foi informado sobre problema no projeto. De lá mesmo foram feitos contatos para resolução do problema e, com o andar da carroça, na próxima semana, deve entrar para empenho. Boca Torres acrescentou: quem tem influência tem que fazer pressão!

BUNDA NA CADEIRA 1 – A entrevista do prefeito Giovani Amestoy numa rádio local sugerindo que os vereadores tirassem mais a bunda da cadeira acirrou os ânimos na Casa do Povo. Segundo os edis, Amestoy sugeriu que eles deveriam fazer este movimento para ver de perto os problemas do município.

BUNDA NA CADEIRA 2 – Boca “Braba” Torres disse que quem tem de tirar a bunda da cadeira é o prefeito e o secretário de obras e sair nos bairros pra ouvir o que o povo está dizendo de sua administração. Tenho quatro obras em andamento e vou a todas elas, se referindo às obras realizadas a partir de emendas conseguidas com muito empenho através de deputados de seu partido – PT.

BUNDA NA CADEIRA 3 – Boca “Braba” Torres perguntou aos presentes por que a cúpula pensante da prefeitura (assessoria de imprensa) não tira a bunda da cadeira e faz foto do pessoal nas filas de madrugada? Só não vê quem não quer! Por que os secretários e o prefeito passam em horário de serviço só em redes sociais e nós é que temos que tirar a bunda da cadeira?

BUNDA NA CADEIRA 4 – Sílvio “Beleza” Tondo disse que é um absurdo o que está acontecendo na saúde de Caçapava do Sul “Se tem alguém que tem de tirar a bunda da cadeira é o prefeito. Ele tem de deixar de fazer um monte de cursinho e se ausentar da cidade e passar a olhar com seus próprios olhos e fazer alguma coisa. Ele não sabe o que está acontecendo em Caçapava”.

SOBERBA E ARROGÂNCIA – Marquinho Vivian também falou sobre entrevista do prefeito. Foi infeliz ou maldoso. Disse. A verdade é que ando por uma cidade suja, onde de uma hora para outra uma ordem desfaz outra, não há planejamento e cronograma. Em cinco meses à frente da presidência da Casa, lembrou que todos sabem que é vereador de oposição, mas não usa a presidência da Casa para fazer oposição, como disse o prefeito. Aqui na presidência desta Casa não existe soberba nem arrogância concluiu Marquinho.

BOCA BRABA – O vereador Boca Torres pegou pesado e pediu que a nova secretária do governo Amestoy não repita alguns atos feitos anteriormente como falsificar documentos. Além disso, que não saia à rua vendendo roupas, pois assim concorre com lojas devidamente estabelecidas em Caçapava do Sul.

TIO MARIANO – Um projeto de Mariano “exequível” Teixeira queria que o município comprasse vagas em creches particulares para suprir a falta de vagas na rede pública não foi adiante por ter parecer desfavorável. Boca Torres disse que, depois de reunião com o executivo, não vota favorável a aumento de gasto para o município. Alex disse que o projeto era bom e poderia ser votado. Já Ricardo Rosso lembrou que havia parecer apontando vício de origem. No final o projeto de Mariano não foi exequível.

ANIMAL – Indicação de Márcia Gervásio busca a criação de um fundo para a causa animal foi apresentada na sessão – em aparte Ricardo Rosso disse que há oito meses não se castra nenhum cachorro em Caçapava do Sul e que hoje tem cachorro de rua mordendo todo mundo. “Tem cachorro cagando por todo lado e a gente pisando. Tem que procurar os donos dos animais é uma cachorrada cheio de sarna. Ninguém é dono. Ninguém é responsável! E não se pode nem largar uma bombinha pra ele disparar…” . Paulinho Pereira disse Rosso está equivocado, pois todos os dias estão sendo feitas as castrações.

Saúde foi uma polêmica na sessão

 A vereadora Jussarette Vargas deu o tom e a pauta foi longe: Saúde em Caçapava do Sul.

PRA LÁ E PRA CÁ – Agora não podemos mais reclamar, disse ela. E mais: fui muito mal recebida por uma servidora isso que já fui colega dela. E esse tal de vai no ESF…., vai no pronto socorro… vai na policlínica…vai pra lá e pra cá com o povo. Um médico a cada 15 dias não dá. Disse que o prefeito e a secretária de saúde são boas pessoas e que estão sendo sobrecarregadas e precisam ter voz ativa na função. O prefeito não sabe nem da terça parte do que acontece. Ele é mal assessorado sim!
DE OUTRO MUNDO – Boca Torres disse que tem médico “psicografando” o exame pois não tem nem ultrassom – cadê os recursos? Ainda bem que temos médicos cubanos que estão sempre prontos a atender – o que não pode é a comunidade dos bairros ficar sem atendimento, disse. Na farmácia não tinha nem AAS. Onde tá o recurso? E mais: Uma servidora foi acusada e virou diretora, outra que foi demitida por andar passeando, foi readmitida agora.

ADALGISO É O NOME DELE – Ricardo Rosso relatou que foi humilhado em recente reunião sobre assuntos de saúde o qual faz parte da comissão da Câmara Municipal. “Não se atraquemo por causa do meu secretário que estava junto” disse Rosso em plenário. O fato gerador do atrito teria sido o fato de que fora informado na reunião que a obstetrícia iria parar por que o recurso não seria suficiente. O Dr. Adalgiso, digo o nome dele por que ele fala nosso nome – enxovalhou o nome desta casa – é um absurdo o que tem dito sobre um TAC de 2010.

CONEXÃO – Moção proposta pelo exequível vereador Mariano à equipe da Secretaria de Obras de Santana da Boa Vista encostou madeira na manhã e à noite uma ponte na divisa com Caçapava já estava pronta. Já o vereador Silvio Beleza Tondo descobriu de que forma vão faltar as pontes para a secretaria de obras de Caçapava fazer (conforme palavras do próprio secretário na Câmara de Vereadores há algum tempo): os municípios lindeiros farão as pontes! Silvio disse que acredita que Caçapava agora espera que São Sepé faça a ponte com a divisa. Paulinho pediu que Mariano se informasse pois o material foi realizado com material de Caçapava e que não fez favor pois é uma ponte de divisa. Já com caso de São Sepé, esta cidade não tem interesse em reconstruir a ponte sobre o Santa Bárbara.

TRÂNSITO – Mano pediu bom senso quanto ao estacionamento no canteiro da avenida em dias de velório e que alguém conserte do buraco na Kennedy e não tape o buraco com terra.

Deixe uma resposta

Fechar