Caçapava do SulCâmara de Vereadores de Caçapava do SulDestaqueGeralPolíticaRegião

Servidores Municipais pressionam pela não aprovação do projeto de R$ 2 milhões

A sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira, 9 de julho, ficou lotada. Funcionários Públicos e Professores Municipais foram ao plenário para pressionar contra a aprovação do projeto da Prefeitura de R$ 2 milhões. O objetivo do projeto é realizar melhorias em ruas centrais.
Conforme ofício, o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais justifica a posição porque é contra a redução de rubricas da folha de pessoal. Também porque a categoria aceitou os 4,17% e não os mais de 6% que foi o indexador, além do vale refeição que seria reajustado em maio deste ano, mas que até agora não se concretizou.
De acordo com o ofício do Sindicato dos Professores Municipais, a categoria não concorda com o projeto por temer que faltem recursos para atender as demandas da classe. Salienta também que a categoria não recebeu o piso nacional na integralidade de 2017 e se preocupa quanto ao pagamento do 13º do funcionalismo, devido à instabilidade financeira que assola o país.
Em virtude da pressão dos servidores que lotaram as galerias do plenário, os vereadores resolveram adiar a votação do projeto, através de um pedido de vistas do Líder do Governo, Vereador Paulo Pereira.
Além disso, os vereadores no plenário condicionaram a aprovação do projeto ao atendimento de algumas reivindicações das categorias, principalmente o vale alimentação, que segundo os funcionários foi acertado para maio deste ano uma reposição, mas até o momento não foi repassado.
No final, os dois Sindicatos discutiram os próximos passos das categorias, já que, segundo eles, se está sobrando dotação na folha o justo seria pagar o que está faltando para o Piso do Magistério referente a 2017 e parte de 2018, e os funcionários querem o aumento no vale para compensar o reajuste abaixo da inflação deste ano.
A princípio, está programada uma nova votação para a próxima terça-feira, 16.
A Secretaria da Fazenda divulgou um vídeo na semana passada informando que não faltará recursos para o pagamento da folha do funcionalismo.

Luís Carlos Machado

Jornalista MTE 18.013/RS Graduado em Marketing

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios