Caçapava do SulCoronavírusDestaqueGeralPolíticaPrefeitura de Caçapava do SulRegiãoSaúde

Prefeitura de Caçapava do Sul alerta: Não há caso de pacientes com coronavírus em Caçapava do Sul, mas é passível de que o vírus esteja circulando

A Secretaria de Saúde de Caçapava do Sul informa que NÃO HÁ, ATÉ ESTE MOMENTO, NENHUM CASO DE PACIENTE COM CORONAVÍRUS NO MUNICÍPIO, mas não descarta que haja a circulação do vírus, já que trata-se de infecção comunitária no Estado e de uma pandemia.

A população entrou em alerta devido ao áudio do especialista do Hospital de Caridade Dr. Victor Lang, compartilhado nas redes sociais na tarde deste sábado (04), que suplica para que as pessoas fiquem em casa e respeitem a quarentena.

No Áudio, o anestesiologista, Dr. Adalgiso frisa que o vírus está sim em Caçapava, afinal, segundo o Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado, a infecção é comunitária,ou seja, não se tem mais controle de onde o vírus circula. Ele lembrou ainda que cidades da região, inclusive Bagé, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Pelotas, já confirmaram casos com internação e que Caçapava é ponto de passagem de outros municípios.

“Recebemos pacientes com suspeitas todos os dias, presumimos coronavírus quando o quadro clínico é compatível e não tivemos nenhum paciente ainda com internação grave. Ressaltando que não temos testes no momento e que ele é feito somente em casos graves de internação. Podemos afirmar que o vírus já está no município. Ou seja, o vírus está sim circulando na cidade, tem pessoas com sintomas leves dele, por isso do apelo, fiquem em casa”, disse à Imprensa Municipal.

No áudio, Dr Adalgiso alerta que muitas pessoas estão circulando nas ruas, comércios abertos e que as pessoas não estão levando a sério o isolamento social, o que é crucial para evitar casos de morte. Adalgiso frisa ainda que o Hospital tem somente 3 respiradores, e, se as pessoas saem e voltam às suas casas e infectarem toda a família, por exemplo, alguém ficará sem respirador podendo vir a óbito.

“Nós profissionais da saúde de Caçapava estamos preparados para receber esses pacientes, mas é preciso de consciência coletiva, caso contrário, nossa estrutura será pouca”, alertou. A Secretária de Saúde, Inês Salles, confirmou a necessidade da população levar a sério a quarentena, o isolamento.

“Cada pessoa deve ter responsabilidade por seus atos, e ter consciência de ficar em casa, pois segundo a Projeção do Estado do RS, o pico dessa disseminação vem ser do dia 6 ao 20 de abril”, completou a Secretária-adjunta da Saúde, Aline Medeiros.

Lembrete:
De acordo com o Decreto do Governo do Estado do RS, todos os estabelecimentos devem manter-se fechados, com exceção dos considerados essenciais à vida (distribuição de alimentos, remédios e saúde, telecomunicações, imprensa, agropecuária e que fornecem exclusivamente materiais de construção civil e conserto e manutenção de transportes de locomoção).
-O fechamento deverá ser efetivo, passível de multa, cassação de alvará, até dia 15 de abril
-É necessário o isolamento residencial (quarentena) até a data.
-O deslocamento de pessoas a mercados, farmácias, bancos, deve ser feito de forma individual (não sair em família)
-A Vigilância Sanitária, em auxílio com a BM, seguirá fazendo rondas autuando comércios e pessoas que descumprirem as medidas.
-E SEMPRE LEMBRE-SE DE HIGIENIZAR AS MÃOS COM ÁGUA E SABÃO E ÁLCOOL EM GEL.

Luís Carlos Machado

Jornalista MTE 18.013/RS Graduado em Marketing

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios