ColunistasGeral

Potty Pontes passeava pilotando possante Passat preto…

Parafraseando:
Potty Pontes passeava pilotando possante Passat preto.
Parou, perpetuamente pois pereceu.
Potty Pontes, personagem de um livro produzido e publicado por palavras principiadas por “P” foi lançado pelo amigo Geremias Borssatti há muitos anos, e guardo com carinho, um exemplar com dedicatória.

Quando recebi as mensagens pela passagem do Dia do Amigo, e percebi o entusiasmo na troca de mensagens, de imediato ocorreu-me a vontade de iniciar a disparada de respostas e também de envios de saudação da lembrança de tão importante data.

De imediato, me dei conta que, em pouco mais de 50 anos, a vida oportunizou-me e fiz muitos amigos. Uns estão um pouco mais perto, outros um pouco mais longe e outros tantos, fisicamente, já partiram.

Salvo a impossibilidade de um abraço – que as normas impostas pela pandemia hoje não permitem – em nada diminui a sensação que a amizade pode proporcionar.

Fica aqui então, a saudação: Aos amigos, um feliz Dia do Amigo. Aos de perto, de longe ou ainda aos que já partiram.

De lambuja, vai na sequência, um forte abraço aos vovôs e vovós pela passagem da data. Data em que, mesmo tendo passado de meio século de vida e tendo sido agraciado com um belo casal de filhos, não me apresso em comemorar. Tudo a seu tempo.

E, com a chegada deste segundo domingo de agosto, dia 09, Dia os Pais, soma-se os abraços àqueles que têm a felicidade de poder ter, pelos filhos, seus ensinamentos levados á diante.

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios