DestaqueGeralLavras do SulPolíciaRegião

Operação 9 Milímetros, da Polícia Civil, prende quatro pessoas suspeitas de participação de homicídio em Lavras do Sul

As prisões preventivas foram cumpridas simultaneamente em São Leopoldo, Caçapava do Sul, Osório e Lavras do Sul

O homicídio ocorrido em Lavras do Sul no dia 25 de abril deste ano teve seu desfecho na manhã de hoje com a Operação 9 Milímetros, deflagrada por policiais das Delegacias de Lavras do Sul, Decrab de Bagé, Delegacia de Homicídios de São Leopoldo e DP de Caçapava do Sul.

O mandante do crime foi preso em casa, em São Leopoldo, no Vale dos Sinos. À época do homicídio ele estava preso no Presídio Central de Porto Alegre, de onde partiu a ordem de execução. Foi cumprido mandado de busca na residência do indivíduo, e foram apreendidos os aparelhos celulares utilizados por ele.

Também foi preso, em Caçapava do Sul, o taxista que conduziu os executores até Lavras na noite do crime.

O suposto executor do homicídio, conduzido até Lavras pelo taxista, já estava detido na Penitenciária Modulada de Osório, pois foi preso em Caçapava pela Polícia Civil no decorrer da investigação por tráfico de drogas, em junho de 2020. Ele é suspeito de ter executado a vítima Jeferson Leandro Marques Rodrigues, 40 anos, com 12 tiros de pistola 9 milímetros.

O lavrense envolvido no homicídio também já tinha sido preso por tráfico de entorpecentes, em maio deste ano, e foi comunicado de sua prisão preventiva na manhã de hoje. Foi ele quem recebeu os criminosos na data do fato e mostrou o caminho da residência da vítima para eles.

Com as quatro prisões de hoje, 11 pessoas ao todo foram presas durante a investigação conduzida pela DP de Lavras do Sul. A motivação do crime é dívida por tráfico de entorpecentes, e envolve uma das maiores facções criminosas do estado que tenta se instalar na cidade.

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios