Caçapava do SulColunistasCulturaPolítica

Mister M, São Tomé, Vidente, KIM JOHN UM…

Coluna A Palavra do Machado - Edição de 23/08/2018

DNA – A sessão da Câmara desta semana teve a visita do vice-prefeito Luiz Carlos Guglielmin e do ex-secretário Nei Tavares. Acredito que não tenha sido por acaso a participação dos dois agentes políticos caçapavanos pois, coincidentemente, o vereador Ricardo Rosso (PP) rasgou elogios à dupla que assistia tudo na galeria do plenário. É claro que Rosso, como bom soldado, puxou a brasa para o assado do PP quando falou sobre o andamento do processo de licitação da Av. Lima e Silva. Rosso lembrou que Guglielmin, naquele momento, estava frente ao Executivo e Tavares ainda era Secretário. Todos concordam que o diálogo foi fator decisivo para o start no processo. Silvio Beleza Tolfo também falou sobre o diálogo que o vice oportunizou com os vereadores para dar foco na ação pela Lima e Silva.

MISTER “M” – Prestes a chegar aos 2 anos de mandato, Guglielmin tem sido um vice-prefeito com boa “presença de palco”. Ele aparece em horas oportunas e, principalmente, desaparece na hora certa. Diferentemente do vice-prefeito São Sepé na primeira gestão de Leo Girardelo, o radialista Wolney Vasconcelos, que tentou brilhar mais que o sol e acabou “torrado”, conforme resultado mostrado pelas urnas em 2016.

SÃO TOMÉ – O cético vereador Caio Casanova (SD), disse que só acredita, vendo a Avenida Lima e Silva pronta.

NA ONDA – Mariano Teixeira (PP) também entrou na onda de elogiar o vice prefeito e o secretário Nei Tavares. Mariano disse que foi oportuno eles estarem no executivo quando foi realizada mobilização em prol da Lima e Silva.

PRA LÁ E PRA CÁ – A pauta Saúde se manteve em evidência na Casa do Povo esta semana. O vereador Zilmar Mano Araújo (PP) disse que cidadão que necessitava de atendimento foi ao PA. Lá recebeu informação que seu caso não se trata de emergência e foi encaminhado para a Policlínica sem que fosse atendido.

VIDENTE – Boca disse que alguém, que não é médico, chega até a fila de espera e dá o diagnóstico afirmando que o caso não é grave. Os médicos estão ganhando, e ganhando muito bem, eles que atendam o povo de Caçapava do Sul.

QUEBRA PAU – Segundo Boca, dia desses, os ânimos no Pronto Atendimento ficaram tão exaltados que a Brigada Militar teve que ser chamada para intervir.

NÃO PODE – Jussarete disse ainda que foi mal atendida no hospital de Caridade e que percebe que estão tentando cobrar dos pacientes, tomografia que devem ser pagas pelo SUS.

KIM JOHN UM – Marquinho Vivian (PMDB) tá prometendo explodir o plenário da Câmara com uma ou até duas bombas na semana que vem. O explosivo usado na bomba: SAÚDE. O vereador e presidente defendeu a Casa e disse que depois da sessão que rejeitou projeto de contratação de enfermeiros, a Câmara virou vilã, o que não é certo. Na verdade, havia era um projeto errado!

REPROVADA – Jussarete Vargas (PP) disse que esta gestão do PA não está melhor que a outra. Para Jussarete, esta nova administração não está dando certo.

FRENTE A FRENTE – Temos que trazer a Secretária de para mostrar os números da saúde em Caçapava. A população afirma que faltam fichas de atendimento e o executivo diz que sobra. E agora? Disse o vereador Beleza.

SEM CONTRATO? – Luiz Fernando Boca Torres (PT) pôs em dúvida a existência de um contrato entre o Executivo e Hospital que, segundo ele, recebe quase 300mil mensais da prefeitura.

LISURA – A vereadora Márcia Gervásio (PDT) agradeceu os colegas que acreditaram na sua inocência no caso das cartas anônimas que lhe acusavam de ter recebido auxílio doença do INSS, irregularmente.

PUXA-SACO – Vou ter de puxar o saco do prefeito e do secretário pra taparem o buraco?
Criem vergonha na cara e tapem o buraco da Kennedy disse Mano. Beleza complementou Mano dizendo que fez levantamento dos buracos e que acredita que só vão arrumar os bairros no período eleitoral.

RETRUCO – Jussarete não gostou das palavras do colega Boca o qual havia dito que ela é “quase do governo”.

Deixe uma resposta

Fechar