Caçapava do SulDestaqueGeralRegiãoTrânsito

Funcionários de frigorífico fazem protesto em Caçapava do Sul

Funcionários do Frigorífico Frigoli de Caçapava do Sul realizaram um protesto na tarde desta quarta-feira, 10 de abril interrompendo a BR 392 com fogo sobre a rodovia em razão do anúncio do fechamento da empresa que emprega mais de cem pessoas em Caçapava do Sul. Segundo informações dos próprios funcionários, o proprietário do frigorífico teria comunicado o encerramento das atividades em razão da ação arbitrária do órgão fiscalizador que notificou o estabelecimento interditando-o por sete dias devido a adequações apontadas no ano passado pelo Ministério da Saúde, quais já haviam sido realizadas pela empresa.

Em entrevista a reportagem de A Palavra, a direção da empresa declarou que a interdição chega a ser uma perseguição e que de 25 a 29 de março o frigorífico recebeu auditoria que acontece em todo o Brasil sendo que o auditor, que veio de Brasília, deixou relatório concluindo que a planta e sua estrutura de abate e anexos são satisfatórios e a empresa vê como uma atitude antiética essa discordância de posições dentro do mesmo órgão.

Segundo a direção é inviável permanecer 7 dias fechado, sem a bate e consequentemente sem faturamento. desta forma não houve outra alternativa senão encerrar as atividades da empresa em Caçapava do Sul.

Atualmente a empresa abate 180 animais para distribuidores de cidades da região e emprega diretamente 114 funcionários. Indiretamente outras dezenas de pessoas são beneficiadas com a atividade do Frigorífico Frigoli.

 

 

 

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios