Colunistas

É hora de renovar-se

Murilo Vasconcelos Machado - Psicólogo - CRP 07/25128

 

O final do ano se aproxima e muitas vezes ficamos empolgados com todas as possibilidades que essa data nos proporciona. Um novo ano pode significar renovação, novas expectativas, desejos e metas. Porém, cuidado. Algo importantíssimo acontece na noite da virada. Algo chamado: nada. Sim, você leu certo, não acontece nada. Você vai continuar sendo a mesma pessoa, com a mesma bagagem, os mesmos conflitos, defeitos e qualidades que sempre teve. Não se frustre por não acontecer algo mágico quando acordar no primeiro dia do ano. A explicação é simples: o universo não pode transformar sua vida de um dia para o outro, mas você pode.

Vamos começar olhando para trás. Quem fui, quem deixei de ser, quem eu poderia ter sido? Questões que merecem nossa atenção nesse momento. Quantas oportunidades perdemos e aproveitamos, que metas foram atingidas e desperdiçadas. A partir das situações que vivenciou, consegue mensurar o quanto você cresceu? Fazer uma análise de quem fomos é um passo importantíssimo para nos prepararmos para o ano seguinte. A questão aqui não é se frustrar por tudo que saiu fora dos seus planos, mas valorizar quantas situações inusitadas surgiram e foste obrigado a amadurecer com elas.

E hoje? Depois de todas as situações que vivenciamos, vamos permanecer no mesmo lugar? Já trouxe em alguns textos que, se queremos atingir nossos objetivos, o primeiro passo tem que ser dado agora.  Esse momento é ideal para essa reflexão. Podemos permanecer imersos nos sentimentos de estresse e ansiedade, sendo carregados pelos conflitos que nos cercam, ou assumir o controle de nós mesmos e redefinirmos nossas prioridades. Sabemos que estimular nosso autoconhecimento, sermos mais empáticos e valorizarmos as relações interpessoais influenciam em nossa saúde mental. Estamos dando atenção para esses pontos nesse momento?

Agora sim, hora de se planejar. Voltando a questão da introdução, não são as superstições que irão guiar nosso caminho, nós é que iremos. O universo não nos transformará do dia para a noite, mas podemos nos tornar alguém melhor assim que decidirmos isso. Por isso, aproveite agora, reflita sobre quem você deseja ser, quais seus planos, suas metas e o principal: por onde começar, quais são os primeiros passos. Não deixe que a vida lhe carregue, conduza seu próprio barco.

Para finalizar, peço que leve alguns pontos em consideração. Geralmente, nossas expectativas e metas estão relacionadas ao trabalho e aos bens de consumo. Quero relembrar aqui que vivemos em sociedade. Por isso, reflita sobre ser alguém melhor. Precisamos de pessoas com mais respeito, empatia e que valorizem as relações interpessoais. Nunca esquecendo de cuidar de si mesmo e sua saúde mental. Organize-se, planeje-se, busque o seu sentido. E o principal: esforce-se.

Deixe uma resposta

Fechar