Caçapava do SulCâmara de Vereadores de Caçapava do SulCoronavírusDestaqueGeralPolíticaPrefeitura de Caçapava do SulRegiãoSaúde

Decreto Municipal de Combate ao Coronavírus será mantido com medidas de Saúde e de restrições

Decisão foi tomada nesta segunda, 30, em reunião com Comitê de Combate, Prefeito e Associações

O Comitê de Combate ao Coronavírus se reuniu na manhã desta segunda-feira, 30, com o Prefeito Giovani Amestoy e com a Secretária de Saúde, Inês Salles, no Gabinete, para discutir as mudanças do novo Decreto do Governo do Estado do RS, nº 55.149, anunciadas na última sexta-feira, 27. Após, eles se reuniram com representantes de sindicatos comerciais, industriais, lojistas e da Câmara de Vereadores, na Acic, para tratar do assunto.

O Município de Caçapava do Sul optou por manter o Decreto nº4448, até sábado 04, cumprindo o prazo de 15 dias dados, a princípio, para que o isolamento residencial da população e funcionamento de serviços essenciais de industrias e comércios continuem surtindo efeito atrasando o aparecimento de caso do Coronavírus em Caçapava do Sul.

Apesar do Decreto Estadual da última sexta feira, 27, ter “liberado mais atividades comerciais que mantem a engrenagem de atividades básicas”, conforme justificou o Governador Eduardo Leite no anúncio, a Prefeitura de Caçapava frisou a importância, ainda nesta semana, de manter o Decreto Municipal, com a liberação de serviços apenas essenciais relacionados à distribuição de alimentação e de produtos de higiene e saúde.

No novo Decreto do RS, a abertura de Bancos, com protocolo de atendimento com horário diferenciado para idosos e, abertura de restaurantes para atendimento ao público, de mais comércios necessários para manter os considerados básicos abertos, como borracharias e oficinas, lojas de vendas de peças e materiais de construção, foram liberados em sistema de escalonamento.

O Prefeito parabenizou as ações que vem sendo realizadas pelos profissionais de saúde, através do comitê, pelas forças de segurança: BM, Polícia Civil, PRF e Bombeiros, que têm ajudado na manutenção da quarentena, elogiou os trabalhadores dos comércios básicos que arriscam suas vidas para a manutenção da sociedade como um todo e do trabalho da imprensa local, que auxilia na divulgação exata das informações e no combate às Fake News.

A Prefeitura liberará a compra emergencial de mais mil cestas básicas para estás pessoas que estão cadastradas em Programas do Governo e trabalhadores informais para manter também a alimentação dessa população. O prefeito também solicitou que os servidores auxiliem para que seja feita a entrega de medicamentos dos idosos em casa, informou como medidas emergenciais, mantendo o decreto de isolamento.

Todas as ações tomadas até hoje pela prefeitura, da criação do comitê, criação de um centro de triagem, Decretos de Isolamento da população e de fechamento do comércio, sanitização das ruas, tem contribuído para os resultados que a Saúde Municipal e sua população, vem conquistando. Não podemos recuar neste momento” disse Giovani.

Também participaram da reunião na ACIC, as Secretárias Inês Salles da Saúde, Ihoko Nakashima Mota da Fazenda, Michele Mendes da Seagropic, o Presidente da Câmara de Vereadores Mariano Teixeira, Imprensa, e representantes de diversos sindicatos e associações como da construção civil, postos e hotéis, Sulpetro, mercados, Sindilojas, Comitê da Saúde, Vigilância Sanitária e Associação Comercial.

Luís Carlos Machado

Jornalista MTE 18.013/RS Graduado em Marketing

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios