Colunistas

Coluna Vida & Carreira – Renata Miranda – 12.07.2019

Renata Miranda - Administradora da Universidade Federal do Pampa, Psicanalista em Formação, Master Coach, Escritora e Palestrante

E se hoje fosse seu último dia, você poderia dizer que está satisfeito com a sua vida? Você deixou claro para as pessoas que ama o quanto elas foram importantes para você? Você aproveitou seus pais, seus filhos, suas horas de lazer com qualidade estando presente no presente e prestando atenção em cada um deles? Você respeitou seu coração quando ele sinalizava o que era o melhor a ser feito?
Ao pensar sobre isso eu tenho certeza que você vai começar a ver as prioridades com outros olhos. Deixar de perder tanto tempo com pessoas e coisas sem importância. A força da simplicidade. Conseguir perceber que o essencial é invisível aos olhos que acostumados com a rotina do cotidiano deixam de enxergar beleza e poesia nos fatos corriqueiros da vida. Um pôr-do-sol de encher os olhos, a gargalhada de um filho, o pão quentinho de uma avó. Sabe aqueles momentos que gostaríamos de parar o tempo para aproveitar mais? Faz quanto tempo que você não sente isso? Se você tivesse a oportunidade de ver sua vida como um filme voltando nas melhores cenas, em que cena voltaria?
Muitos de nós agimos como se fôssemos viver para sempre. Agimos como se tivéssemos a eternidade esperando por nós. Temos dificuldade em dizer não para as coisas que não queremos por medo de desagradar os outros. Nos contentamos com tão pouco. Nos vendemos por menos do que valemos trocando tempo por dinheiro em alguns casos fazendo o que não gostamos.
Que legado você pretende deixar para as pessoas? Como você gostaria de ser lembrado? É um dia a menos e não um dia a mais. E se hoje fosse seu último dia?

Luís Carlos Machado

Jornalista MTE 18.013/RS Graduado em Marketing

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios