Caçapava do SulCoronavírusDestaqueEducaçãoGeral

Caçapava do Sul não terá retorno das aulas presenciais nas escolas municipais

A Prefeitura de Caçapava do Sul informa que não retornará às aulas presenciais das escolas municipais conforme calendário proposto pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

A medida foi tomada em decisão conjunta entre o Prefeito Giovani Amestoy, os Secretários de Educação Aristides Costa e sua adjunto Gislaine Huerta e a Presidente do Sindicato dos Professores, Dolores Estel em reunião web, ocorrida, dia 08, baseado em discussão que já estavam sendo dialogadas com o Comitê de Combate de Coronavírus.

De acordo com a decisão, a medida foi para a preservação da vida das crianças, funcionários, professores e até mesmo dos familiares destas crianças.

Outro item apontado, é que as crianças, em sua maioria, têm sido cuidadas pelos avós, tios, parentes, mais velhos, que podem ser de grupos de risco e que o retorno das aulas faria com que pudéssemos ter surtos de contaminação colocando a vida de todos em situação de vulnerabilidade.

Foi ainda discutida a falta de vacina e a curva de contaminação no Estado que ainda não apresenta queda.

O governador Eduardo Leite anunciou a semana passada o retorno das aulas, sendo que, de acordo com o cronograma do Estado, os municípios iniciariam o retorno gradual, com as crianças da escolas de ensino infantil (EMEI) a partir do dia 08; dia 21 de setembro retornariam as escolas de Ensino Superior e Médio; dia 13 de outubro o Estado retomaria as aulas na rede estadual de ensino; dia 28 de outubro os municípios retomariam o Ensino Fundamental – anos finais e dia 12 de novembro seriam retomadas as aulas do Ensino Fundamental – anos iniciais.Ainda de acordo com o governador, para o retorno da rede, seja pública ou privada, será necessária a adoção de uma série de medidas, dentre elas a criação de um Centro de Operação de Emergência em Saúde para a Educação (COE-E), além de um Plano de Contingência para Prevenção, Monitoramento e Controle, bem como articular junto ao COE municipal o controle ao novo coronavírus no âmbito da instituição de ensino.

A Secretaria informou ainda que estão sendo realizadas as entregas de atividades das disciplinas aos alunos de diversas maneiras: via grupo de redes sociais como Whats App, Facebook, por e-mail, através de atividades impressas retiradas na direção de cada escola pelos pais quando da retirada das cestas de merenda escolar-auxílio, entre outras formas, não deixando os alunos desassistidos durante esse período de pandemia e aulas remotas.

Boa noite! Gostaria de reafirmar a nossa posição CONTRÁRIA ao retorno das aulas presenciais nas Escolas Públicas Municipais. Enquanto não tivermos segurança para a garantir a saúde dos nossos alunos, professores, funcionários, pais e familiares não retornaremos com as aulas, seguiremos com o ensino remoto e a distância. Essa decisão também foi tomada por respeito a todos os profissionais da saúde que trabalham para o controle da pandemia, não podemos arriscar a saúde da nossa população. O ano letivo podemos recuperar, porém a vida e a saúde não. Abraço a todos!

Posted by Giovani Amestoy on Tuesday, September 8, 2020

Deixe uma resposta

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios