GERAL - 11/10/2017 - 17:26:06 (81 cliques)
Vereador faz vistoria em escola que está com problemas estruturais

Na manhã desta quarta-feira, dia 11, o vereador Luis Fernando Torres (Boca), esteve na Escola Municipal Patrício Dias Ferreira, a pedido de vários professores, para acompanhar os problemas estruturais enfrentados pela escola, onde as maiores dificuldades são nos dias de chuva.
 
Durante a visita, as professoras mostraram ao vereador as várias salas de aula que ficam alagadas em dias de chuva, como da noite desta quarta-feira. Além das salas, as infiltrações atingem o corredor da escola e as salas de recreação, onde em um desses locais os móveis foram arredados e uma bacia foi colocada no centro da sala para impedir que a água penetre no piso, que ainda é de madeira. No restante das salas com problemas, a água entra como infiltração pelas paredes ou pelo bico da lâmpada.
 
O vereador constatou também problemas sérios no telhado, onde algumas telhas estão quebradas e outras fora do lugar. Além disso, os servidores informaram que os gatos que ficam soltos no Centro de Bem Estar Animal estão entrando a noite na escola pelas janelas que estão sem vidros e as fezes dos animais ficam em toda a parte. “ Cheguei de manhã e muitos locais estavam cheios de fezes de gato, no qual antes de abrir para as crianças tivemos que limpar”, disse uma das funcionárias da cozinha da escola.
 
Outro problema são as janelas e os vidros, que no primeiro e segundo andar estão muito danificados. As professoras relataram também que a escola está enfrentando um grande problema com a energia elétrica, onde a rede é monofásica e não é possível ligar uma máquina de Xerox, uma impressora ou um data show, porque acaba queimando em virtude da energia que é insuficiente.
 
Sobre este problema da energia, as professoras informaram que estão levando os trabalhos para imprimir em casa e também fazer Xerox longe da escola.
 
O Vereador informou que vai relatar todos esses problemas a Prefeitura na próxima semana e sobre a energia vai solicitar que o município entre em contato com a RGE Sul para resolver o problema.
 
“Estive na última semana na escola Augusto Vitor Costa, no Durasnal, e constatei também muitos problemas, mas principalmente a falta de pessoal para atender os mais de 400 alunos matriculados no educandário, e agora visito a escola Patrício Dias Ferreira e os problemas são mais graves, envolvendo questões estruturais, com isso, vou solicitar que as representantes da Secretaria de Educação visite a escola e acompanhe de perto o drama enfrentado pelos professores”, disse Boca Torres.
Fonte: A. I. Câmara dos Vereadores
© CaçapavaOnline.net 2014 - Todos os direitos reservados.