SAÚDE - 21/03/2017 - 17:04:11 (218 cliques)
Cutting, você sabe o que é isso?
Geralmente começa na adolescência e é mais comum nessa faixa etária, mas pode se prolongar até a vida adulta.

Falaremos hoje neste espaço sobre um assunto difícil e que muitas vezes pode passar despercebido.

Já imaginou que um possível remédio para aliviar dores poderia ser cortar o próprio corpo? imaginou isso como um futuro analgésico? Não né? Não pensariamos nisso como um conforto. Mas você sabia que é bem comum e muitas vezes acontece perto de nós e não percebemos?

Geralmente começa na adolescência e é mais comum nessa faixa etária, mas pode se prolongar até a vida adulta.

No Brasil ainda não existem muitos estudos sobre isso porém é bem comum este tipo de demanda chegar aos consultórios. Estima- se que atinja 20% dos rapazes e moças. Basta darmos uma olhada nas redes sociais e encontraremos várias páginas onde as pessoas trocam experiências e maneiras de ferir-se, outras existem com a intenção de ajuda mútua, eu te ajudo e tu me ajuda.

"Cutting" é um termo em inglês que significa "corte" ou, em tradução livre, automutilação. A automutilação é uma tentativa de aplacar uma angústia muito profunda, a qual a pessoa não consegue expressar ou aliviar em palavras. Dessa maneira, o que não consegue exprimir simbolicamente expõe sobre o corpo. Nem todo adolescente que tenta o "cutting" vai continuar praticando, muitos fazem por influência do seu grupo de "iguais". A pessoa só sente o alivio ao se cortar se já tem uma situação de estresse previa, caso contrário sentirá apenas dor.

Indivíduos que se automutilam por longos periodos, um ano ou mais, pode acontecer de se cortarem tanto em momentos de tristeza como também de euforia. Acaba se transformando em um vicio onde mesmo sem estar passando por algum problema sente esta necessidade. É um distúrbio que não vem com uma causa especifica pode se manifestar ao sentir profunda tristeza, raiva, nervosismo ou viver um trauma, está associado a comportamentos obsessivos compulsivos e pessoas com traços de personalidade Borderline.

Após o corte há um alivio imediato mas, quando passa, vem uma sensação de vergonha, de arrependimento, de ser descoberto no seu ato, por isso os cortes são feitos em lugares que facilmente ficará escondido, como braços e pernas o que leva muitas vezes a não percepção por parte dos pais e da escola.

Vale ressaltar que é um fenômeno manifestado em pequenos cortes pelo corpo, diferente de tentativa de suicídio. 

Por: Cássia Oliveira - Psicóloga

© CaçapavaOnline.net 2014 - Todos os direitos reservados.