Déjà vu - Vespertino - Kim Jong-um - Mamadores...
Déjà vu - O vereador Silvio "Beleza" Tondo, PP, acredita estar vivendo um "Déjà vu", com o secretário de obras de Caçapava do Sul. Depois de acreditar que o problema de comunicação entre vereadores e o Secretário de Obras do município tinha acabado, Sílvio disse na última sessão legislativa que tem cansado de procurar o atual secretário, e da mesma forma que ocorria com o secretário anterior, não tem obtido êxito. Beleza quer que alguém que tenha poder, escute as demandas dá comunidade. Mas, do jeito que a coisa anda Silvio acredita que já esteve naquele lugar antes e não viu o secretário que também não viu antes, ou seja: "Déjà vu".
 
Vespertino - O vereador de segundo mandato e atual presidente da Câmara de Vereadores de São Sepé, Werther Vargas Filho, PP, aproveitou que estava em Caçapava do Sul, na tarde da terça-feira e, a convite desse que voz escreve, foi até o plenário do Legislativo caçapavano. Lá Eto Vargas acompanhou parte da sessão que ocorria novamente em horário vespertino e prometeu voltar mais vezes. Eto, que tem origem no PDT mas que foi eleito neste mandato pelo PP, gostou dos embates travados entre os edis enquanto esteve na Casa. Achou também muito oportuna a atitude do vereador e presidente da Casa, Ricardo Rosso, PP, em usar o púlpito ao se dirigir aos colegas e ao público presente, durante suas manifestações.
 
Elogios - Enquanto assistia a sessão, Eto Vargas ouviu o vereador Marquinho Vivian, PMDB, elogiar a agilidade da Secretaria de Obras de São Sepé frente a recuperação de estradas no Cerrito do Ouro. Aproveitando a deixa, o vereador Caio Casanova, SD, disse que na atual administração, pelo menos a gente ouve o barulho das máquinas trabalhando. Caio lembrou que, um dia estava trafegando pelo interior, quando se deu conta que, após ouvir muitas críticas sobre a má qualidade das estradas do interior, percebeu que a estrada estava ótima. Caio comentou então com seu caroneiro e que, respondeu que onde já não estavam em Caçapava do Sul, mas no interior de São Sepé.
 
Kim Jong-um - O vereador Silvio "Beleza" Tondo, PP, mandou recado em tom de ameaça: tem informações sobre graves problemas na merenda escolar. O recado "A La Kim Jong-um", líder norte-coreano pode ter conteúdo altamente explosivo... ou não!
 
Kim Jong-dois - O vereador Luis Fernando "Boca" Torres, PT, também mandou recado em tom de ameaça: quer saber o número dos funcionários nas Emeis pois tem informação que há funcionários em desvio de função enquanto faltam professores e monitores. A bomba do Boca é bomba relógio: só não explodiu por que aguarda resposta do executivo.
 
Kim Jong-três - O vereador Silvio "Beleza" Tondo, PP, disse que não recebeu as informações sobre trânsito solicitadas ao órgão competente e agora... (mais uma bomba?) vai tomar as providências cabíveis.
 
Mamadores - "Deputados não elegem vereadores, mas vereadores elegem deputados" foi assim que o vereador Marquinho Vivian, PMDB, se referiu aos deputados eleitos que antecedendo às eleições vem aos municípios do interior, pedem apoio para suas candidaturas e após eleitos, esquecem suas bases. Marquinho pediu que fique registrado em ata que é muita falta de respeito dos deputados com as bases, os conhecidos "mamadores", não só dos vereadores do PMDB de Caçapava mas de todos os partidos.
 
Faça-se a Luz - O tão esperado caminhão com cesto hidráulico para ser usado na recolocação de luminárias e lâmpadas em Caçapava do Sul já tá quase chegando. O dito cujo que custou mais de 70 mil reais deve estrear com mutirão para resolver os problemas da iluminação pública caçapavana. Só não pode agora é faltar lâmpadas.
 
Eletrônicos - Mais uma vez o vereador Paulinho Pereira, PDT, é responsável por ação de recolhimento de lixo eletrônico em Caçapava do Sul. O recolhimento ocorre na próxima quarta-feira em local que será amplamente divulgado.
Inconsonância - O vereador Luis Fernando "Boca" Torres, PT, falou sobre caso ocorrido em Caçapava do Sul onde um carro da Secretaria de Saúde foi para Cachoeira do Sul sem levar um dos pacientes que tinha consulta agendada. O paciente, correu atrás e conseguiu, com recursos próprios ir até Cachoeira e descobriu que a consulta não estava agendada. "Vai começar tudo de novo? Bote pessoal competente pra trabalhar" disse Boca em plenário.
 
Brasília - O vereador presidente da Casa, Ricardo Rosso, PP, disse que foi convidado pelo prefeito Giovani Amestoy para ir a Brasília tentar resolver alguns problemas da terrinha. Entre eles a situação da Creche da Vila Henriques. 
 
Relógio - Ainda na sessão desta terça-feira, Rosso também criticou o atendimento dos médicos que não estão cumprindo a carga horária estipulada. Disse que eles têm de cumprir as 20h e não um número de fichas.
Luís Carlos Machado
 
© CaçapavaOnline.net 2014 - Todos os direitos reservados.